08/10/2021 às 22h40min - Atualizada em 09/10/2021 às 00h00min

Gado morre de fome e sede em fazenda; polícia investiga maus-tratos

PM recebeu denúncias e deu flagrante numa fazenda na zona rural de Araguaiana na tarde desta quinta-feira (07).

SALA DA NOTÍCIA Rafael Pereira da Costa
https://www.reportermt.com.br/
Reprodução

Mais de 40 cabeças de gado foram encontradas mortas e outras 60 em situação de maus-tratos, por falta de comida e água, numa fazenda em Araguaiana (563 km da Capital) na tarde desta quinta-feira (07) após denúncias à Polícia Militar (PM).

Conforme a ocorrência, uma equipe se deslocou à propriedade, onde, durante uma ‘volta’, flagraram dezenas de carcaças de animais mortos, já em decomposição, no ponto de descarte da fazenda.

No curral estavam outras dezenas de animais muito magros se alimentando de uma mistura de bagaço de cana com milho inteiro.

Leia também

Dono abandona cadela amarrada com filhotes e Polícia Civil é acionada

Dono deixa cavalo debaixo de sol escaldante e revolta populares; veja fotos

Os policiais conversaram com o gerente da fazenda. Esse relatou que o gado sofre com a forte estiagem que a região sofreu esse ano e isso ocasionou a morte de bois.

Quanto à alimentação, o responsável explicou que naquele dia chegou farelo de soja e silagem para fazer ração com milho. Ele ainda mostrou o milho sento triturado para o preparo da ração do gado.

A PM registrou a ocorrência por crime de maus-tratos a animais silvestres, domésticos ou domesticados com resultado morte e encaminhou à Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar os fatos.


Notícias Relacionadas »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...