07/06/2022 às 18h41min - Atualizada em 08/06/2022 às 00h00min

Voluntários vão tricotar peças de lã que serão doadas para moradores em situação de vulnerabilidade

O evento acontecerá em São Paulo e, as coordenadoras esperam doar mais de 60 peças

SALA DA NOTÍCIA Ana Paula Marçal
www.centerpanos.com.br
Divulgação

O frio chegou e as pessoas em vulnerabilidade social não podem esperar. E foi essa urgência que incentivou as empreendedoras e sócias Tânia Monezi e Marcia Soares, a criar o Sábado Solidário, um dia dedicado para tricotar meias, cachecóis e gorros, que são distribuídos para moradores em estado de vulnerabilidade. E para completar esse time está a professora de artesanato, Cida Rodrigues, responsável pela oficina de tricô e crochê, que é totalmente gratuita, bastando ao aluno apenas levar lã que irá utilizar na aula.
O Sábado Solidário acontece na loja das sócias, que fica no bairro Praça da Árvore, e o 1º Encontro foi realizado no dia 26 de março. Na ocasião 10 alunas/voluntárias aprenderam pontos básicos e fáceis, que permitiram a produção de mais de 30 peças, em um período de 3 horas. Só que as voluntárias não pararam por aí. Elas continuam tricotando em suas casas, e, o número de peças produzidas subiu para 70, no início de maio. Todo esse material foi doado para a Paróquia Santa Terezinha, no bairro da Saúde, em São Paulo, que tem um trabalho consolidado de caridade.
 “Mesmo quem não sabe tricotar ou fazer crochê, é bem-vindo, porque ensinamos do zero, e quando as pessoas fazem uma caridade, tudo fica mais fácil”, garante Tania Monezi.
Agora elas se preparam para o 2º Sábado Solidário, que acontecerá no dia 11 de junho, em dois horários: das 9h às 12h e das 13h às 16h. A expectativa é receber 20 pessoas no evento . “Queremos no dia 11 entregar mais de 60 peças. O frio está aí e precisamos ajudar”, finaliza Tânia.
 
 
Notícias Relacionadas »