29/04/2022 às 21h47min - Atualizada em 30/04/2022 às 00h00min

Método de Gestão EAG cria Universidade Corporativa para PME

Conheça a UniEAG e entenda como a plataforma chega para democratizar o acesso ao ensino dos colaboradores

SALA DA NOTÍCIA GET Comunicações
Foto divulgação
A falha do sistema educacional no Brasil tem aberto cada vez mais as portas para a temática da Universidade Corporativa. Empresas modernas e bem-sucedidas enxergam na capacitação dos colaboradores o caminho para o crescimento do negócio. A modernização das plataformas e tecnologias tornam-se um grande desafio para as empresas se diferenciarem no mercado competitivo estando atentas às novas práticas. 

No país, a qualificação da mão de obra é vista como um dos grandes temores dos empresários. A reciclagem, formação, desenvolvimento de habilidades dos colaboradores exigem investimentos por parte das empresas para atender às estratégias organizacionais e desenvolvimento do time de funcionários. 

De acordo com o último relatório do Fórum Econômico Mundial sobre o Futuro dos Empregos, 50% de todos os funcionários precisarão de requalificação até 2025, conforme aumenta a adoção de tecnologia.
E a Universidade Corporativa é vista como um modelo para alcançar essa almejada e necessária requalificação. É normalmente vinculada a uma instituição de ensino, oferece treinamentos para funcionários de uma empresa para atender às necessidades e objetivos da organização. A implementação da Universidade Corporativa é mais comum de ser encontrada nas grandes empresas, devido ao alto custo de execução e complexidade de geração e manutenção dos conteúdos. 

Desafio: capacitar e educar pessoas nas pequenas e médias empresas

Diversos cursos são oferecidos no mercado, mas somente uma boa Universidade Corporativa pode oferecer soluções de aprendizado customizadas desenvolvendo as competências e treinando colaboradores para o sucesso da organização. 
 
E nas pequenas e médias empresas o desafio é ainda maior. Os custos, acesso às plataformas digitais, disposição de tempo do dono da empresa, motivação dos funcionários, customização do conteúdo às estratégias da empresa, todos são fatores que dificultam ainda mais o acesso às Universidades Corporativas, comumente disponível somente às grandes empresas. Por isso, a idealização de uma Universidade Corporativa para democratizar o ensino e ser acessível às pequenas e médias empresas faz-se tão necessário.

Marcelo Germano, empresário, especialista em gestão empresarial e idealizador do método do EAG - Empresa Autogerenciável, influenciador do empreendedorismo - conhecido como o comandante dos donos de pequenas e médias empresas, entende que o treinamento, conhecimento e a educação vão ser as bases do sucesso da maioria dos empreendedores. Sem precisar investir fortunas naquilo que só era acessível para as grandes empresas, Marcelo Germano lança a Universidade Corporativa da Equipe Autogerenciável para pequenas e médias empresas (UniEAG). Ele explica que o projeto nasce com o intuito de democratizar o ensino, com o objetivo de desenvolver e explorar as competências dos funcionários, aprimorando habilidades e treinando os colaboradores de forma eficaz:

“A pandemia, globalização e tecnologia vêm mudando o jeito de fazer as coisas. E assim, muda as competências das pessoas para fazer as coisas. Na prática, no dia a dia, os profissionais que estão nas empresas muitas vezes não conseguem acompanhar essa evolução e se qualificar de maneira adequada para lidar com todos os desafios que aparecem.”

Marcelo continua:

“Uma empresa com uma mão de obra não capacitada não vai muito longe, é quase que matemático, assim como ‘2+2’ são 4. Pessoas não treinadas ou não capacitadas não vão levar a empresa a lugar nenhum. E além da UniEAG nascer com o propósito de democratizar o ensino para as PME, ela também tem o objetivo de manter o conhecimento da empresa dentro da organização, porque é muito comum que quando um colaborador não faz mais parte da empresa, leva com ele o conhecimento que a organização precisa para continuar performando. E, aderindo à plataforma, o empresário tem a liberdade de incluir os conteúdos e treinamentos internos que garantem o acesso para todos os colaboradores que venham a fazer parte do time. E neste momento, mais do que nunca, os empresários precisam entender que precisam planejar, preparar, identificar as competências exigidas para o novo momento e trabalhar em cima delas. O meu grande sonho era que o dono da pequena e média empresa pudesse ter acesso a uma Universidade Corporativa. E foi a partir daí, que dentro do Programa EAG (Empresa Autogerenciável) nasceu a UniEAG (Universidade Corporativa da Equipe Autogerenciável).”

UniEAG: vantagem competitiva acessível para as pequenas e médias empresas

A UniEAG (Universidade Corporativa da Equipe Autogerenciável) é uma plataforma de educação à distância para a capacitação de colaboradores, que transforma times empresariais em equipes autogerenciáveis. É acessível aos donos de pequenas e médias empresas que aderem ao Programa EAG (Empresa Autogerenciável), através do método de gestão do EAG, idealizado por Marcelo Germano.

Com a UniEAG todos os colaboradores de pequenas e médias empresas podem ser educados à distância para produzir os melhores resultados. Os benefícios para organização vão desde o treinamento facilitado para equipes de trabalho – isso porque os donos das empresas podem incluir na plataforma os treinamentos específicos: como processos internos e integração dos colaboradores, gerando economia no desenvolvimento dos funcionários, melhoria dos resultados da equipe até o fortalecimento da cultura organizacional e construção de uma equipe autogerenciável. Além de terem acesso a conteúdos sobre marketing, vendas, cultura organizacional, finanças, recursos humanos, desenvolvimento pessoal, dentre outros. Assim como explica Gabriella Miranda, Gerente de Operações do EAG:

“Através da reunião de conteúdos, com curso e jornadas, com o objetivo de capacitar tecnicamente (trabalhando as chamadas hard skills), e também conteúdos que vão trabalhar as habilidades comportamentais (conhecidas como soft skills), os comandantes (donos de pequenas e médias empresas) que aderem ao Programa EAG – depois de acabar com o caos nas empresas, ao trabalhar os pilares: domínio pessoal, cultura, liderança, gestão, finanças e tração - voltam para a empresa que precisa ser continuamente capacitada. E para dar conta dessa nobre missão, a UniEAG vem para suprir a importante demanda.”

Assim como relata Roberta Feijó, 40 anos, empresária há 10 anos na Kinetec – no ramo da saúde. Ela diz estar muito grata por todos os treinamentos aplicados a partir do Programa EAG e os resultados obtidos durante a jornada:
“Estou muito feliz por ver os resultados da aplicação do método do EAG em minha empresa. Conseguimos dobrar o faturamento, abrir uma filial em outro Estado (algo impensável anteriormente). E a UniEAG veio para complementar ainda mais. Como devo continuar treinando funcionários, contratando, a nossa ideia é colocar o treinamento dos novos funcionários na plataforma do UniEAG. Lá tem muito conteúdo bom, cursos, tudo mastigado e podemos ver o dia e hora que quisermos, mostrando aos funcionários, compartilhando os conteúdos. É realmente uma grande virada para a empresa.” 

A gerente de marketing do EAG, Aline Decker, comenta que a ferramenta da UniEAG é uma importante aceleradora de desenvolvimento do time de colaboradores:

“Com a UniEAG, o dono da pequena e média empresa consegue acelerar o desenvolvimento do time, sob as diretrizes que nós, do EAG, ensinamos no Programa, para que dessa maneira, ele consiga aplicar e treinar a equipe mais rápido, para a equipe se desenvolver mais rápido e conseguirmos criar, de fato, uma equipe autogerenciável. Isso porque, o dono vai ter ajuda do time para isso acontecer, trazendo toda a equipe como um braço direito na busca de acabar com o caos na empresa.” 

O gerente comercial do EAG, João Rosa, acredita que o liderado é o reflexo do líder. Diante disso, aderir a uma plataforma de ensino, como a UniEAG, faz toda a diferença na capacitação dos funcionários, assim como na valorização do profissional dentro das empresas:

“Toda a equipe precisa ter conhecimento necessário para aplicar o que o dono da empresa aprendeu no método do EAG. E a UniEAG abrange também um fator intangível, que é o colaborador saber que o dono da empresa está prestando atenção nele e no desenvolvimento dele como profissional e como pessoa. Está trazendo algo dentro da empresa, beneficiando não apenas a organização, mas as pessoas que trabalham ali. Sem contar que não é somente o que está na teoria e livro, mas o que funciona no dia a dia das empresas, entrando para uma comunidade com atualização constante de conteúdo e por grandes nomes do mercado.”

Aprendizado coletivo: Universidade Corporativa personalizada 

Para bem atender às empresas, a educação corporativa deve estar vinculada às estratégias do negócio sempre atenta ao futuro e metas da organização, assim como todas as soluções educacionais devem refletir a cultura organizacional. Dentro desse conceito, a plataforma UniEAG permite que as empresas adicionem conteúdos próprios e personalizem a trilha de aprendizagem conforme as necessidades, criando conteúdos sob medida para colaboradores da empresa, de acordo com as necessidades do próprio negócio. E ainda possibilita a customização da estética da plataforma com logomarca da organização. Isso traz diferença no processo de identificação e engajamento dos funcionários.
Thiago Carvalho tem 41 anos, é empresário, Diretor do Corplaw Advogados - serviços jurídicos para pequenas e médias empresas, em Natal – Rio Grande do Norte. Como gestor, ele valida, na prática, a UniEAG e toda a personalização diferenciada da plataforma:

“A UniEAG é um conjunto de conhecimentos e informações que todo pequeno e médio empresário precisa ter. Até o momento não conheço nenhuma empresa que tenha fornecido isso de forma escalável, consistente, com conteúdo que realmente conseguimos aplicar, na prática, e ainda feito na linguagem do empresário e colaborador, com a possibilidade de conseguirmos personalizar nossas jornadas de aprendizado para o time de colaboradores, de acordo com cada departamento. Isso, para mim, é uma entrega de muito valor. Um projeto muito promissor. Estamos plenamente satisfeitos.” 
De acordo com Rogério Valentim, CEO no EAG, a UniEAG é um catalisador do propósito de mudar a vida de empresários do Brasil:

“Nós acreditamos muito na UniEAG, como produto. E acreditamos que o que transforma o Brasil hoje são os empresários, as pequenas e médias empresas, principalmente. Isso porque, segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), os pequenos negócios são os principais geradores de novas vagas de empregos no país. Por isso, tivemos muita dedicação para esse produto final, com conteúdos de primeira linha, assuntos atualizados, coisas que já passamos no campo de batalha e alinhamos tudo para os empresários passarem de maneira mais suave, saindo do caos e ajudando os seus colaboradores, para que os funcionários possam ajudar os donos a alcançarem os resultados de maneira promissora.”

Marcelo Germano também explica que é preciso capacitar cuidadosamente o time dos empresários e, para isso, o UniEAG vai entender quais são as dificuldades, tanto técnicas quanto comportamentais do dono, dos funcionários, de uma pequena e média empresa, para que eles produzam resultados:

“O que vem mudando no ramo da educação corporativa é a maneira como se aprende. Antigamente você fazia cursos longos, uma faculdade de quatro anos, um curso técnico de três, para, no final, desenvolver alguma habilidade para colocar em prática depois de muito tempo. Hoje em dia, conforme o mundo muda muito rápido, você não tem esse tempo. O que acaba mudando é o conceito de aprendizado. A gente chama isso de “lifelong learning”, ou aprendizado ao longo da vida/educação continuada, que é termos pequenos ciclos de aprendizado, e neles aprendemos, desenvolvemos uma competência, colocamos em prática e temos resultados, e dessa maneira aumentamos o resultado empresarial.”

Marcelo Germano finaliza:

“Enfim, não importa o tipo de negócio, todos os negócios vão exigir que os funcionários que trabalham na empresa estejam capacitados para lidar com as diversas demandas que acontecem no dia a dia. E quanto mais importante é o teu sonho, mais importante é o teu time. Então, a UniEAG é o melhor caminho, a melhor maneira para qualificar o time.”


INFORMAÇÕES – UniEAG (Universidade Corporativa da Equipe Autogerenciável) 

Para ter acesso à UniEAG (Universidade Corporativa da Equipe Autogerenciável), o dono da pequena ou média empresa precisa ter mais de cinco funcionários, e participar do evento Imersão EAG. A Imersão EAG acontece através de encontros presenciais durante o ano e faz parte do Programa EAG - que envolve aulas on-line ao vivo, conteúdo gravado, acompanhamento com especialista e uma comunidade de comandantes donos de pequenas e médias empresas. 
Os conteúdos da UniEAG podem ser acessados pelo computador, notebook, ou mesmo pelo celular dos colaboradores, e esses conteúdos, nos mais diversos formatos: videoaulas, leituras de e-books, exercícios em formato de podcasts, conteúdos e formatos diversos para contribuir com os processos de aprendizagem dos colaboradores dos donos de pequenas e médias empresas. 

INFORMAÇÕES – EAG (Empresa Autogerenciável)

O método do EAG (Empresa Autogerenciável) foi idealizado por Marcelo Germano – especialista em gestão empresarial, empresário há 25 anos, dono de cinco empresas de diferentes segmentos, sendo eles: despachantes, tecnologia, desenvolvimento de sistemas, cursos e treinamentos, com 164 funcionários diretos e indiretos. O método é exclusivo no mercado e tem como missão acabar com o caos nas empresas através de uma equipe autogerenciável. A partir da apresentação de ferramentas práticas de gestão, o objetivo é transformar os donos de pequenas e médias empresas para que eles conduzam organizações vencedoras. Os treinamentos são divulgados e conhecidos em todo o Brasil. Conteúdos gratuitos são gerados e disponibilizados em plataformas digitais e já ajudaram milhares de empresários do país a dar grandes saltos de performance.

Para mais informações sobre o EAG, acesse:

Sites:
https://marcelogermano.com.br/

https://empresaautogerenciavel.com.br/
 
Notícias Relacionadas »