09/06/2021 às 20h28min - Atualizada em 12/06/2021 às 02h15min

5 dicas para incentivar a consciência ambiental nas crianças

Estimular o cuidado com meio ambiente a partir na primeira infância afeta positivamente na educação escolar e na formação como ser humano; Famílias podem começar desde cedo a envolver o filho em situações cotidianas para abordar sobre ecologia

SALA DA NOTÍCIA Editor
Divulgação
Com bons exemplos e vivências, é possível sensibilizar os pequenos sobre a preservação do planeta. Desde o nascimento até os seis anos de idade ocorre a aquisição de habilidades que impactarão em toda sua vida e é nesse período que a criança começa a conhecer o mundo pelos olhos do adulto e aprende a agir com base nos modelos que são referência para ela. “Como a tarefa de falar sobre natureza, respeito pelos outros seres vivos e pelo ambiente começa desde cedo, para que esse impacto seja positivo e duradouro, é preciso que as experiências e aprendizado de atitudes transmitidas pelos adultos sejam éticas e com os valores presentes nas ações”, afirma a especialista em educação infantil Renata Weffort (foto), coordenadora pedagógica da Educação Infantil e do 1º ano do Ensino Fundamental I do Colégio Franciscano Pio XII, instituição de educação localizada no bairro do Morumbi, em São Paulo.

Para ela, incluir a criança em situações vinculadas ao cotidiano é uma das premissas para que assimile esse conhecimento à medida que se desenvolve. “Mais do que falar sobre estes assuntos, é importante que elas vivenciem momentos do dia a dia ao regar as plantas, para observar se a terra está seca; durante o banho, fechar a torneira enquanto se ensaboa; observar a cidade em dia de chuvas fortes; o excesso de lixo nos bueiros”, explica a especialista.

A seguir, Renata Weffort dá algumas dicas práticas sobre como os pais podem trabalhar a consciência ecológica com os filhos em casa.

 
  1. Levar o filho à feira ou supermercado para que participe da escolha e seleção dos vegetais que serão consumidos pela família. Assim, as crianças aprendem a conhecer o que comem, percebem pelo aspecto do alimento se tem chovido pouco ou muito, etc., além de fazerem escolhas mais nutritivas;
 
  1. Separar o lixo com os adultos. É também é uma oportunidade de falar sobre a importância de não produzir tanto lixo e de separá-lo para reciclagem;

  1. Usar garrafinhas e sacolas reutilizáveis personalizadas. Momentos lúdicos e atividades divertidas também ajudam as famílias a ensinar sobre a redução do lixo descartável. Customizar, pintar e decorar juntos: as crianças aprendem por meio de experiências e relacionamento efetivos.
 
  1.  Elaborar lembretes criativos para: apagar a luz quando sair do cômodo, fechar a torneira enquanto escova os dentes, ensaboar-se com o chuveiro desligado, entre outros;

  1. Cultivar uma hortinha de temperos, regar, observar o crescimento e usar no preparo dos alimentos. Observar os ciclos da natureza, como plantar verduras e legumes e acompanhar seu desenvolvimento, incentiva a criança a ter um olhar responsável para a preservação; é o momento de mostrar o cuidado com os seres vivos.

Notícias Relacionadas »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...